• Visita Virtual
  • Catalago Virtual
  • Livro de Visitas
  • Curiosidades
  • Receitas
  • Doadores

Curiosidade

16
PORCO SÍMBOLO DO PALMEIRAS
No dia 28 de abril de 1969 ocorreu um fato lamentável que teria como efeito colateral o \"batismo\" da Sociedade Esportiva Palmeiras como \"porco\". Depois de empatar por 1 a 1 com o São Bento, no Estádio Humberto Reali, em Sorocaba (SP), o Corinthians retornou à capital paulista. Do Parque São Jorge, os dois maiores destaques do time naquela competição estadual, o lateral direito Lidú (22 anos) e o ponta esquerda Eduardo (25), resolveram comer uma pizza nos arredores do Canindé, o estádio da Portuguesa. Mas não chegariam ao restaurante: na Marginal Tietê, Lidú perdeu o controle de seu Fusca, que chocou-se violentamente contra uma das pilastras de sustentação da ponte da Vila Maria. Os dois morreram na hora.
Daí, veio a confusão que acabou por acirrar definitivamente a rivalidade entre corintianos e palmeirenses. Como o Paulistão já estava no returno e o prazo de inscrições de atletas havia se encerrado, a diretoria do alvinegro tentou, na Federação, uma autorização especial para inscrever dois novos atletas. A FPF convocou todos os clubes para uma reunião extraordinária, colocando em votação a pretensão corintiana, com a condição de que essa aprovação teria que ser unânime. Não foi: somente o presidente do Palmeiras, Delfino Facchina votou contra. O que motivou o presidente do Corinthians, Wadih Helu, a chamar os palmeirenses de \"porcos\". Foi a senha para a torcida do Corinthians.


Outras curiosidades
Amigos do Museu
Agendar Visita
Mascote