• Visita Virtual
  • Catalago Virtual
  • Livro de Visitas
  • Curiosidades
  • Receitas
  • Doadores

Receitas

3
Nome da receita CODEGUIM CASEIRO
Ingredientes Aproveitando a grande experiência na área de embutidos, procuramos o Ângelo Merli para o preparo de uma receita de codeguim caseiro, que segundo ele, foi aprendida com o seu pai, na época em que todo o trabalho era realizado de forma manual, inclusive a máquina de moer. Como o tempo passou, aproveitamos à boa vontade do Maurício e do Willian, do açougue do Supermercado União, que após o preparo, moeram os ingredientes. Para esta receita utilizamos 10 kilos de carnes e peles de suíno.(a proporção e de 60% de pele, para 40% de carne)
Modo de preparo CODEGUIM CASEIRO
6 kg de pele suína cortada em pequenas tiras
4 kg de carne suína (pernil, copa lombo)
4 cabeças de alho amassados
1 colher (sopa) de pimenta do reino moída na hora
25 g de sal para cada kilo de massa
2 pimentas dedos de moça
Tripa demolhada, própria para lingüiças.

MODO DE PREPARAR
Lave e limpe bem todas as peles, raspando os pelos, leve a ferver em água e limão ou vinagre, trocando de água pelo menos duas vezes, para após a fervura final, picar todas as peles em pequenas tiras.
Pique a carne suína em pequenos cubos.
Tempere tudo com uma pasta de alho amassado, sal, pimenta do reino e dedo de moça, misturando muito bem a massa.
Moer por uma vez, utilizando a peças mais fina da máquina.
Deixe descansar por umas duas horas.
Encha as tripas, na mesma forma que é utilizada na lingüiça, amarrando no tamanho de desejado (da mesma forma que é amarrada à lingüiça), faça pequenos furos no codeguim, usando uma agulha grande, espinho de limão ou mesmo arame fino, para que o mesmo não estoure na hora do cozimento.
Em uma panela com água quente(não pode ferver), cozinhe o codeguim até que fique firme, retire e passe por água fria (acelerando o resfriamento) para depois utilizar.
Caso vá utilizar mais rapidamente, pode ser deixado na geladeira, em caso de armazenamento por período maior, congelar o codeguim.

DICA: O Codeguim deve ser comido cozido, após aquecimento em água com sal, ou diretamente no feijão, que ficará mais saboroso. Pode-se, ainda, frita-lo depois da cocção, fatiando e servindo-o com pão italiano.


Outras receitas
Amigos do Museu
Agendar Visita
Mascote